terça-feira, 28 de setembro de 2010

Para acordar os homens e adormecer as crianças

Imagens do quinto Sarau "Tardes de Dionísio"

Mais fotos do V Sarau veja aqui.
O ator André Oliveira e sua mãe (acima)
Amigos do artista plástico Leonardo Pimentel
que mostra seus trabalhos na Casa Hoffmann
Mayara Nassar e sua mãe com Cláudia Beecker e amigo
Maryah Monteiro e amigas
Mayara Nassar com sua mãe e amigos

Marcelly Karam e seus pais

Bailarinos e autora se confraternização com amigo e organizador do evento
Rafael Ribeiro e Airton Rodrigues: coreografia no silêncio
Cynthia Becker acompanha a leitura do seu texto
A leitura feita pelos alunos da Cena Hum
Maryah Monteiro conversa com o coreógrafo Airton Rodrigues

Sarau teve leitura, dança e o silêncio exigido pela burocracia

Mayara, André, Marcely, Cláudia, Douglas e Maryah na leitura de ontem
A leitura foi feita por alunos do Cena Hum
Liz Santos acompanha a leitura feita por seus alunos
O quinto sarau "Tardes de Dionísio", realizado ontem na Casa Hoffmann, foi marcado pela estreia de uma nova autora e por surpresas provocadas pela burocracia. Pela primeira vez um texto de Cynthia Becker - hoje residindo em São Paulo, mas que participou no ano passado do Núcleo de Dramaturgia SESI Paraná - era lido em público. "Escola São Francisco de Assis" foi apresentado por alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum, sob a direção da atriz, professora e diretora Liz Santos.

Cada sarau "Tardes de Dionísio" é programado com a intenção de juntar, num mesmo evento, várias formas de arte. Além de apresentar as leituras de textos dramatúrgicos, o evento traz para a cena compositores, cantores, músicos, arranjadores que participam com trabalhos autorais. Nos quatro eventos anteriores todos os participantes apresentaram-se e autorizaram junto ao ECAD a execução/apresentação de suas músicas sem a exigência de pagamento de direitos autorais. Até porque os compositores que lá se exibiram não são filiados a nenhuma entidade que registra direitos autorais de suas músicas.

Ontem, dentro da organização e da produção do quinto sarau, foi encaminhado ao ECAD a autorização assinada pelos músicos e compositores Cláudio Avanso e Marco Cardoso, com a lista das músicas a serem apresentadas e, também, com cópias de seus documentos (CPFs e RGs). Avanso havia informado que não estava vinculado a nenhuma entidade. Portanto, a autorização da liberação de suas músicas para o sarau tinha que ser feita diretamente junto ao ECAD. Horas depois do pedido ter sido enviado ao ECAD, veio a informação de que tanto Avanso quanto Cardoso eram filiados à ABRAMUS e que, portanto, somente através dela a autorização de liberação das músicas do programa poderia ser feita. Avanso tentou junto ao escritório local da ABRAMUS para que fosse liberada a autorização, visto que as músicas que seriam apresentadas não são registradas naquela associação. Infelizmente a burocracia da ABRAMUS exige que o pedido seja feito com um mínimo de cinco dias. E assim, a ABRAMUS não podia liberar o show e, por consequência, o ECAD não expediria a autorização para as músicas de Avanso e Cardoso serem apresentadas no quinto sarau "Tardes de Dionísio".

A organização do evento decidiu, então, cancelar a participação do ALMA TERRA DUO - formada por Cláudio Avanso e Marco Cardoso. Foi informado, então, via telefone para a Thaísa, do ECAD que não haveria apresentação musical no sarau daquela tarde. Como uma das cinco composições dos instrumentistas foi coreografada por Petra Schuster para apresentação na tarde de ontem, com as participações de alunos da Backstage Balé, não havendo música - ao vivo, nem gravada - a coreografia com seis bailarinos ficaria prejudicada e não haveria sentido apresentá-la. Frustrou-se, assim, também, não só os músicos compositores, como a coreógrafa e os bailarinos, além do público que não pode assistir a uma apresentação do ALMA TERRA DUO com a viola caipira de Cláudio Avanso e o violão de Marco Cardoso.

Uma hora antes de acontecer o Sarau, a Casa Hoffmann recebeu a visita de um representante do ECAD - o fiscal Jonas - que estava ali para cobrar os direitos autorais da apresentação daquelas músicas. A coordenadora de Dança da Casa Hoffmann, Eleonora Greca, e o produtor do sarau Rogério Viana informaram ao fiscal do ECAD que já havia uma decisão de que não haveria música do ALMA TERRA DUO, nem música para a dança. O fiscal, então, com o programa do evento na mão - que já estava impresso desde a manhã de ontem - disse que havia uma programação apresentada naquela impresso e que ele teria que cumprir a cobrança dos direitos autorais. Eleonora e Rogério enfatizaram veementemente que não havia música e que o programa teria a participação dos bailarinos Airton Rodrigues e Rafael Ribeiro, que fariam uma improvisação coreográfica sem música, dançando no silêncio. O fiscal mesmo contrafeito, disse que acreditaria em Eleonora e Rogério e que, caso houvesse a manifestação dos músicos sobre a participação no evento, que ele voltaria para cobrar os valores. A título de informação: a taxa para liberação das músicas pelo ECAD era próximo de 310 reais e com desconto ficaria em torno dos 290 reais.

O evento saraus "Tardes de Dionísio" é realizado com a participação voluntária de todos os artistas envolvidos - atores, autores, diretores, coreógrafos, bailarinos, músicos, compositores, cantores, arranjadores. Não há nenhum tipo de cobrança de ingressos. O acesso é livre e a Casa Hoffmann comporta, no máximo 60 pessoas, sendo que 50 pessoas tem acesso a cadeiras. O evento não tem nenhum tipo de apoio financeiro de nenhuma entidade ou recebe financiamento de nenhum mecenas. Assim, não há como cobrir despesas com o pagamento de direitos autorais para nenhum compositor. 

O quinto sarau

Sem a parte musical, uma das atrações dos Saraus "Tardes de Dionísio", a apresentação do quinto encontro, ontem, na Casa Hoffmann, contou inicialmente com a leitura do texto "Escola São Francisco de Assis", de Cynthia Becker pelos alunos/atores da Academia de Artes Cênicas Cena Hum - André Oliveira, Maryah Monteiro, Cláudia Beeck, Douglas Borba, Marcely Karam e Mayara Nassar. A direção foi da atriz, professora e diretora Liz Santos.

O encerramento do sarau, com absoluto silêncio, nem uma forma de assovio que pudesse configurar uma apresentação musical, foi feito pelos bailarinos Airton Rodrigues e Rafael Ribeiro, que improvisaram uma coreografia em cima do tema da peça de Cynthia Becker.
Rafael Ribeiro e Airton Rodrigues: dança e movimento em silêncio


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Quinto sarau tem a leitura de texto de Cynthia Becker, hoje

Cynthia Becker, autora do texto "Escola São Francisco de Assis"
A Casa Hoffmann apresenta, hoje, dia 27 de setembro, às 18 horas, o quinto Sarau "Tardes de Dionísio", com a leitura dramática do texto "Escola São Francisco de Assis", de Cynthia Becker. 


Cláudio Avanso e Marco Cardoso do Alma Terra Duo
Cassiana Costa, Tais Gomes, Petra Schuster, Thais Rodrigues
e Thiago Beranger, da Backstage Balé
A leitura do texto será apresentada pelos alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum: André Oliveira, Cláudia Beeck, Douglas Borba, Maryah Monteiro, Mayara Nassar e Marcelly Karam, com a direção da atriz e professora Liz Santos.

No programa, a apresentação do Alma Terra Duo - Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão), com as composições dos dois músicos: Pé de Vento, Milonga, Motivo e Maracatublues. A música "Água" foi a escolhida pela coreógrafa Petra Schuster e será apresentada pelos bailarinos da Backstage Balé: Thiago Beranger, Cassiana Carolina Costa, Tais Gomes e Thais Rodrigues, Flávia Massa e Joyce Hespanha.

Sinopse do texto de Cynthia Becker

Samuel, um garoto de 12 anos vive em um momento combinado de conflitos em seus diversos ambientes: Em casa, na escola, na rua. Em sua casa, a insônia, o vazio sobre a relação afetiva entre os seus pais, o questionamento da existência de Deus. Na escola a intolerância, entre os próprios alunos, alunos e professores, a falta de compreensão, a saturação do aprendizado, o estudo em série que rotulam virtudes, a descoberta e o medo da própria sexualidade. Todos esses conflitos rodeados pelo sentimento da solidão e a impotência de não saber como agir no seu meio, formam a atmosfera da peça. A perda de uma amizade, a espera pelo seu pai, a morte trágica de seu cachorro constroem a história desse garoto sem rumo.
  

Mayara Nassar, Maryah Monteiro, Liz Santos (diretora),
Cláudia Beeck, Douglas Borba e André Oliveira, da Academia de
Artes Cênicas Cena Hum

Características dos personagens, segundo a autora

Samuel- O garoto sem rumo -  André Oliveira
Rubrica- Uma voz interna - Maryah Monteiro
Mãe- Mulher com vazio nos olhos - Cláudia Beeck
Pai - Homem de tensão invisível - Douglas Borba
Professora- Ela toma floxitina - Maryah Monteiro
Izabele- A menina que sabe tudo - Marcely Karam
Latife- A menina sem chão - Mayara Nassar

Programa do quinto Sarau "Tardes de Dionísio"
Dia 27 de setembro de 2010 - HOJE - 18h00

1 - Apresentação musical
Alma Terra Duo 
Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão)
Pé de Vento
Milonga
Motivo
Maracatublues
Composições de Cláudio Avanso e Marco Cardoso

2 - Dança
Música "Água" composta por Cláudio Avanso e Marco Cardoso
Coreografia: Petra Schuster, da Backstage Balé
Bailarinos: Thiago Beranger, Tais Gomes, Cassiana Costa, Thais Rodrigues, Flávia Massa e Joyce Hespanha

3 - Leitura do texto
"Escola São Francisco de Assis" de Cynthia Becker
Direção da leitura: Liz Santos
Atores: André Oliveira, Douglas Borba, Maryah Monteiro, Cláudia Beeck, Mayara Nassar e Marcelly Karam. 
Alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum

Produção e Organização:
Rogério Viana e Douglas Daronco

Casa Hoffmann - Centro de Estudos do Movimento
Rua Claudino dos Santos, 58 - Largo da Ordem - São Francisco
Setor Histórico
(41) 3321-3228

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

"Escola São Francisco de Assis" no quinto Sarau Tardes de Dionísio

A Casa Hoffmann apresenta, na próxima segunda feira, dia 27 de setembro, às 18 horas, o quinto Sarau "Tardes de Dionísio", com a leitura dramática do texto "Escola São Francisco de Assis", de Cynthia Becker. 


A leitura do texto será apresentada pelos alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum: André Oliveira, Cláudia Beeck, Douglas Borba, Maryah Monteiro, Mayara Nassar e Marcelly Karam, com a direção da atriz e professora Liz Santos.


Cynthia Becker, a autora de "Escola São Francisco de Assis"

Alma Terra Duo, com Cláudio Avanso e Marco Cardoso
No programa, a apresentação do Alma Terra Duo - Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão), com as composições dos dois músicos: Pé de Vento, Milonga, Motivo e Maracatublues. A música "Água" foi a escolhida pela coreógrafa Petra Schuster e será apresentada pelos bailarinos da Backstage Balé: Thiago Beranger, Cassiana Carolina Costa, Tais Gomes e Thais Rodrigues, Flávia Massa e Joyce Hespanha.

Hoje, sexta feira,  os bailarinos e a coreógrafa da Backstage Balé, juntamente com os músicos do Alma Terra Duo - Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão) realizam ensaio geral, às 15h00, na Casa Hoffmann.
Cassiana, Tais, Petra, Thais e Thiago, da Backstage Balé

Sinopse do texto de Cynthia Becker



Samuel, um garoto de 12 anos vive em um momento combinado de conflitos em seus diversos ambientes: Em casa, na escola, na rua. Em sua casa, a insônia, o vazio sobre a relação afetiva entre os seus pais, o questionamento da existência de Deus. Na escola a intolerância, entre os próprios alunos, alunos e professores, a falta de compreensão, a saturação do aprendizado, o estudo em série que rotulam virtudes, a descoberta e o medo da própria sexualidade. Todos esses conflitos rodeados pelo sentimento da solidão e a impotência de não saber como agir no seu meio, formam a atmosfera da peça. A perda de uma amizade, a espera pelo seu pai, a morte trágica de seu cachorro constroem a história desse garoto sem rumo.

  
Características dos personagens, segundo a autora

Samuel- O garoto sem rumo -  André Oliveira

Rubrica- Uma voz interna - Maryah Monteiro

Mãe- Mulher com vazio nos olhos - Cláudia Beeck

Pai - Homem de tensão invisível - Douglas Borba

Professora- Ela toma floxitina - Maryah Monteiro

Izabele- A menina que sabe tudo - Marcely Karam

Latife- A menina sem chão - Mayara Nassar
Ensaio da leitura do texto na Cena Hum com direção de Liz Santos
Maryah Monteiro, Mayara Nassar, Liz, Cláudia Beeck,
 Douglas Borba e André Oliveira (de costas)

Programa do quinto Sarau "Tardes de Dionísio"
Dia 27 de setembro de 2010 - 18h00


1 - Apresentação musical


Alma Terra Duo 
Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão)


Pé de Vento
Milonga
Motivo
Maracatublues


Composições de Cláudio Avanso e Marco Cardoso


2 - Dança


Música "Água" composta por Cláudio Avanso e Marco Cardoso


Coreografia: Petra Schuster, da Backstage Balé


Bailarinos: Thiago Beranger, Tais Gomes, Cassiana Costa, Thais Rodrigues, Flávia Massa e Joyce Hespanha


3 - Leitura do texto


"Escola São Francisco de Assis" de Cynthia Becker


Direção da leitura: Liz Santos


Atores: André Oliveira, Douglas Borba, Maryah Monteiro, Cláudia Beeck, Mayara Nassar e Marcelly Karam. 


Alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum


Produção e Organização:


Rogério Viana e Douglas Daronco




Casa Hoffmann - Centro de Estudos do Movimento
Rua Claudino dos Santos, 58 - Largo da Ordem - São Francisco
Setor Histórico
(41) 3321-3228

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

"Água", do Alma Terra Duo, é tema musical da coreografia da Backstage

Cassiana Costa, Tais Gomes, Petra Schuster,
Thais Rodrigues e Thiago Beranger, da Backstage Balé
A música "Água", composição de Cláudio Avanso e Marco Cardoso, do Alma Terra Duo foi a escolhida por Petra Schuster e será coreografada para a apresentação pelos bailarinos da Backstage Balé,  no quinto Sarau "Tardes de Dionísio", na próxima segunda feira, dia 27 de setembro, às 18 horas, na Casa Hoffmann. Ontem, na Backstage Balé, realizou-se ensaio com as presenças dos bailarinos Thiago Beranger, Cassiana Carolina Costa, Tais Gomes e Thais Rodrigues. Na apresentação, segunda feira, participarão também Flávia Massa e Joyce Hespanha.

Amanhã, sexta feira,  os bailarinos e a coreógrafa da Backstage Balé, juntamente com os músicos do Alma Terra Duo - Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão) realizam ensaio geral, às 15h00, na Casa Hoffmann, onde acontecerá também na segunda feira, dia 27 de setembro, a leitura do texto "Escola São Francisco de Assis", de Cynthia Becker, pelos alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum, com direção da atriz, diretora e professora Liz Santos.


Hoje, na Cena Hum, Liz Santos realiza mais um ensaio da leitura do texto "Escola São Francisco de Assis" com as presenças dos alunos Cláudia Beeck, André Oliveira, Douglas Borba, Mayara Nassar e Marcelly Karam. 


Tais Gomes e Thiago Beranger, no ensaio
de ontem na Backstage Balé
Veja o vídeo do ensaio da coreografia de "Água" pela Backstage Balé, aqui.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Alunos da Cena Hum ensaiam para leitura na Casa Hoffmann

Mayara Nassar, Maryah Monteiro, Liz Santos (diretora),
Cláudia Beeck, Douglas Borba e André Oliveira
Com a direção da atriz e professora Liz Santos, os alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum ensaiaram, ontem a noite, a leitura do texto "Escola São Francisco de Assis", da autora Cynthia Becker. Participaram da leitura ontem: Cláudia Beeck, André Oliveira, Maryah Monteiro, Douglas Borba e Mayara Nassar. A leitura, na segunda feira, dia 27 de setembro, na Casa Hoffmann contará também com a participação de Marcelly Karam.

Veja aqui a primeira parte do ensaio da leitura do texto "Escola São Francisco de Assis".

Assista a uma das cenas do texto "Escola São Francisco de Assis". Veja aqui.


Petra Schuster vai coreografar dança no quinto Sarau

Petra Schuster, da Backstage Balé
A coreógrafa Petra Schuster, da Backstage Balé, divulgou hoje o nome dos bailarinos que participarão do quinto Sarau "Tardes de Dionísio", na próxima segunda feira, dia 27 de setembro, às 18 horas, na Casa Hoffmann. A coreografia será apresentada com uma composição de Cláudio Avanso e Marco Cardoso que integram o Alma Terra Duo.


Os bailarinos são: Thiago Beranger, Cassiana Carolina Costa, Flávia Massa, Tais Gomes, Thais Rodrigues e Joyce Hespanha.


Amanhã, quarta feira, na Backstage Balé, vai acontecer o ensaio para a apresentação da próxima segunda feira, quando a Casa Hoffmann terá a presença do Alma Terra Duo e a leitura do texto "Escola São Francisco de Assis", de Cynthia Becker, pelos alunos da Academia de Artes Cênicas Cena Hum, com direção da atriz, diretora e professora Liz Santos.
Alma Terra Duo, com Cláudio Avanso e Marco Cardoso

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Alma Terra Duo se apresentará no quinto Sarau "Tardes de Dionísio"

Alma Terra Duo, com Cláudio Avanso e Marco Cardoso
Confirmada, hoje, a participação do Alma Terra Duo, que tem as participações dos músicos Cláudio Avanso (viola caipira) e Marco Cardoso (violão), no quinto Sarau "Tardes de Dionísio", na próxima segunda feira, dia 27 de setembro, às 18 horas, na Casa Hoffmann. O duo apresentará cinco composições e uma delas será coreografada e apresentada pela coreógrafa e bailaria Petra Schuster, da Backstage Balé.

O programa do quinto sarau terá a leitura dramática do texto "Escola São Francisco de Assis", da autora Cynthia Becker. A direção da leitura será da atriz, diretora e professora Liz Santos e terá as participações dos alunos da Academia de Artes Cênicas CenaHum: André Oliveira , Douglas Borba, Cláudia Beeck, Mayara Nassar,  Mariah Monteiro e Marcelly Karam.

Liz Santos vai dirigir a leitura do texto de Cynthia Becker

Liz Santos já começou a trabalhar com os alunos na preparação da leitura do texto. Amanhã, dia 21 (3a. feira), na CenaHum, será realizado ensaio com foco no ritmo e intensidade das cenas. No dia 25, sexta feira, será realizado ensaio geral na Casa Hoffmann, quando se encontrarão os músicos do Alma Terra Duo, da bailarina e coreógrafa Petra Schuster e dos atores e atrizes com a diretora da leitura. O ensaio está agendado para as 16h00.


Alma Terra Duo

O  Alma Terra Duo foi formado em 2006 e tem como integrantes Claudio Avanso ( Viola Caipira), Marco Cardoso (Violões). Com a proposta de inovar o cenário da música instrumental brasileira, procura usar influencias da terra e da cultura popular, tendo como enfoque a mistura de  elementos e a experimentação. O grande diferencial esta em usar a viola, instrumento com conotação regional, como variante em vários estilos, Samba, Jazz, Caipira entre outros. Com seu som peculiar mostra que antes de tudo a viola é um instrumento tão versátil quanto os outros, e pode enriquecer qualquer tipo de música.

Com composições próprias e algumas releituras, o ALMA TERRA DUO conta com músicos de muita experiência e talento, preocupados com a pesquisa e o resgate da cultura musical, do Paraná e do Brasil. No espetáculo e CD, ACORDANDO, mostra uma nova cara para a música instrumental, com a fusão sonora e a experimentação e a rica sonoridade marca registrada do ALMA TERRA DUO. Uma mistura de gêneros e estilos, que nos remete a uma viagem musical única, pelos quatro cantos do Brasil, levadas por imagens que despertam em nosso intimo, um reencontro espontâneo com a natureza e com a nossa origem.  O espetáculo conta com músicas como, CURYTIBA composição do DUO que exprime todas as características da Capital Paranaense  sua colonização, costumes e etnias.

De forma enxuta e coesa dois instrumentos dão vida a composições com sonoridade forte e harmonias que fogem ao convencional.  Remetendo o ouvinte a imagens e sensações únicas, proporcionadas por melodias sugestivas e “humanas”, com  foco na Terra, Natureza e Cultura. 

Liz Santos

A diretora da leitura Liz Santos é Bacharel em Artes Cênicas pela FAP (2004), e pós graduada em Ensino das Artes pela mesma instituição (2010). Professora de interpretação pela Academia de artes cênicas Cena – Hum, desde 2006, onde já dirigiu mais de 10 trabalhos, entre eles texto de Oscar Wilde, Beckett e alguns de sua própria autoria. Também é atriz e sócia da Alameda Cia. Teatral.



terça-feira, 14 de setembro de 2010

"6 Segundos" foi apresentado na Casa Hoffmann, ontem

Realizou-se, ontem, às 18 horas, na Casa Hoffmann, o quarto Sarau “Tardes de Dionísio” com  apresentações inéditas: o primeiro texto da atriz e autora Eliane Karas era lido em público e o violinista adolescente Lorenzo Kesikowski Follador se apresentava em dueto com o experiente bailarino e coreógrafo Aílton Galvão, integrante do Balé G2 do Teatro Guaira.

Lorenzo Kesikowski Follador
O sarau teve início com a apresentação das peças Boil 'Em Cabbages - Tradicional (Autor Desconhecido) e Concerto pour violon in Si mineurOskar Rieding, por Lorenzo Kesikowski Follador. Em seguida foi apresentado o Concertino In D Major Op. 15Ferdinand Küchler que foi coreografado e apresentado pelo bailarino Aílton Galvão, que vestia uma roupa de papel de seda, moldado ao seu corpo por sua mulher, a cenógrafa e figurinista Cristine Conde. 


Assista ao vídeo do dueto bailarino e violinista aqui.

Leitura com Enéas Lour, Sabine Villatore,
Raquel Rizzo, Rodolpho Guttierrez e Giulia Crocetti
Os experientes atores Enéas Lour e Raquel Rizzo fizeram a leitura do primeiro texto da atriz e autora Eliane Karas - que também dirigiu a leitura da sua peça "6 Segundos" - contando com as participações de três jovens promessas do teatro curitibano: Giulia Crocetti, Sabine Villatore e Rodolpho Guttierrez.

Mais quatro saraus

Eleonora Greca anuncia a realização de
mais quatro Saraus "Tardes de Dionísio"
No encerramento do quarto sarau, a coordenadora da Casa Hoffmann, a bailarina Eleonora Greca anunciou que o evento era para ser o último da série inicialmente proposta, produzida e organizada por Rogério Viana e Douglas Daronco, e que a instituição havia decidido oferecer mais quatro datas para os próximos saraus em 27 de setembro, 18 de outubro, 8 e 22 de novembro de 2010. A programação oficial desses saraus será divulgada em breve e trará novidades na parte de música e dança, mas, também, vai mostrar textos inéditos de três autoras iniciantes - Cynthia Becker, Ana Johann e Cláudia Brito - e um texto inédito do consagrado ator, autor e diretor Enéas Lour.
Atrizes e atores se confraternizam com a autora Eliane Karas
O bailarino Rogério Halila, Giulia Crocetti e sua mãe com Eliane Karas
Rodolpho Guttierrez, Raquel Rizzo e Sabine Villatore,
o filho, a mãe e a nora do texto lido ontem
Mãe, avó e a professora de Lorenzo Kesikowski Follador - orgulhosas
Raquel Rizzo, Aílton Galvão, Enéas Lour e Cristine Conde
Thadeu Peronne, Sabine Villatore e Raquel Rizzo

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Hoje, "6 Segundos" de encontros inéditos na música, na dança, no teatro

Ailton Galvão, bailarino e Lorenzo Kesikowski Follador, violinista
Divulgação do Sarau de hoje elaborado por Enéas Lour

Hoje, às 18 horas, na Casa Hoffmann, acontecerá o quarto Sarau “Tardes de Dionísio” e ele vai marcar inéditos e interessantes encontros: um solo de violino e um solo de dança contemporânea; um violinista adolescente e um coreógrafo e bailarino experiente. Lorenzo Kesikowski Follador, o violinista e o bailarino Aílton Galvão. Será feita a primeira leitura pública do texto teatral inédito “6 Segundos” da atriz e autora Eliane Karas, contando com as participações especiais de dois atores com larga experiências nos palcos – Enéas Lour e Raquel Rizzo – e as presenças de três jovens promessas do teatro curitibano: Giulia Crocetti, Sabine Villatore e Rodolpho Guttierrez.

Primeira fase

O quarto sarau marcará a primeira fase do evento iniciado em 2 de agosto, quando foi apresentado o texto “Nós” de Douglas Daronco, teve a participação do  grupo Pangéa União Musical – Karla Izidro, Isaac Dias, Gabriela Bruel, Nati Bermúdez e Tatiana Luiz, e das bailarinas Inês Drumond e Hadiji Nagao. Depois, em 16 de agosto, aconteceu a apresentação do texto “Eu Avec Você”, de Rogério Viana, com a presença dos músicos Isaac Dias, Nati Bermúdez, Gabriela Bruel e Gustavo Bonin e dança de salão com Ronald Pinheiro, Inês Drumond e Caroline Martins. No terceiro sarau, no dia 30 de agosto, foi lido o texto “Não mais um dia comum ou o tempo em que éramos felizes ontem”, de Nana Rodrigues pela própria autora e com as atrizes Scheila Foltan e Bel Fernandes. Na parte musical, composições de Hellen Carvalho que foi acompanhada pelo pianista e arranjador Davi Sartori. A coreografia e dança foi do bailarino Rogério Halila.

A segunda fase dos Saraus “Tardes de Dionísio” terá início no próximo dia 27 de setembro, quando será lido o texto “Escola São Francisco de Assis” de Cynthia Becker. A parte musical e a dança estão dependendo de confirmação das presenças dos músicos e do coreógrafo bailarino.

Serviço:

Programa oficial do quarto Sarau “Tardes de Dionísio"

Hoje - segunda feira – dia 13 de setembro de 2010 – 18h00

Lugares para 60 pessoas - entrada gratuita

Leitura dramática do texto "6 Segundos”, de Eliane Karas, que também dirige a leitura.

Participação dos atores: Enéas Lour, Rodolpho Guttierrez e das atrizes Raquel Rizzo, Giulia Crocetti e Sabine Villatore.

Dança e coreografia: bailarino Ailton Galvão

Música pelo Violinista Lorenzo Kesikowski Follador apresentando:

Boil 'Em Cabbages- Tradicional (Autor Desconhecido)
Concerto pour violon in Si mineur- Oskar Rieding
Concertino In D Major Op. 15 - Ferdinand Küchler   (dueto com Ailton Galvão)

Produção e Organização: Rogério Viana e Douglas Daronco

Casa Hoffmann - Centro de Estudos do Movimento
Rua Claudino dos Santos, 58 - Largo da Ordem - São Francisco
Setor Histórico
(41) 3321-3228
danca@fcc.curitiba.pr.gov.br

VÍDEOS DO ENSAIO DA COREOGRAFIA

domingo, 12 de setembro de 2010

Quarto sarau terá encontros inéditos amanhã

Enéas Lour, Eliane Karas, Sabine Villatore e Giulia Crocetti


Amanhã, segunda feira, dia 13 de setembro de 2010, na Casa Hoffmann, acontecerá o quarto Sarau “Tardes de Dionísio” e ele vai marcar inéditos e interessantes encontros: um solo de violino e um solo de dança contemporânea; um violinista adolescente e um coreógrafo e bailarino experiente. Lorenzo Kesikowski Follador, o violinista e o bailarino Aílton Galvão. Será feita a primeira leitura pública do texto teatral inédito “6 Segundos” da atriz e autora Eliane Karas, contando com as participações especiais de dois atores com larga experiências nos palcos – Enéas Lour e Raquel Rizzo – e as presenças de três jovens promessas do teatro curitibano: Giulia Crocetti, Sabine Villatore e Rodolpho Guttierrez.

Primeira fase

O quarto sarau de amanhã vai marcar a primeira fase do evento iniciado em 2 de agosto, quando foi apresentado o texto “Nós” de Douglas Daronco, teve a participação do  grupo Pangéa União Musical – Karla Izidro, Isaac Dias, Gabriela Bruel, Nati Bermúdez e Tatiana Luiz, e das bailarinas Inês Drumond e Hadiji Nagao. Depois, em 16 de agosto, aconteceu a apresentação do texto “Eu Avec Você”, de Rogério Viana, com a presença dos músicos Isaac Dias, Nati Bermúdez, Gabriela Bruel e Gustavo Bonin e dança de salão com Ronald Pinheiro, Inês Drumond e Caroline Martins. No terceiro sarau, no dia 30 de agosto, foi lido o texto “Não mais um dia comum ou o tempo em que éramos felizes ontem”, de Nana Rodrigues pela própria autora e com as atrizes Scheila Foltan e Bel Fernandes.. Na parte musical, composições de Hellen Carvalho que foi acompanhada pelo pianista e arranjador Davi Sartori. A coreografia e dança foi do bailarino Rogério Halila.

A segunda fase dos Saraus “Tardes de Dionísio” terá início no próximo dia 27 de setembro, quando será lido o texto “Escola São Francisco de Assis” de Cynthia Becker. A parte musical e a dança estão dependendo de confirmação das presenças dos músicos e do coreógrafo bailarino.
Lorenzo Kesikowski Follador e Ailton Galvão
Raquel Rizzo
Rodolpho Guttierrez

Serviço:

Programa oficial do quarto Sarau “Tardes de Dionísio"

Segunda feira (amanhã) – dia 13 de setembro de 2010 – 18h00

Lugares para 60 pessoas - entrada gratuita

Leitura dramática do texto "6 Segundos”, de Eliane Karas, que também dirige a leitura.

Participação dos atores: Enéas Lour, Rodolpho Guttierrez e das atrizes Raquel Rizzo, Giulia Crocetti e Sabine Villatore.

Dança e coreografia: bailarino Ailton Galvão

Música pelo Violinista Lorenzo Kesikowski Follador apresentando:

Boil 'Em Cabbages- Tradicional (Autor Desconhecido)
Concerto pour violon in Si mineur- Oskar Rieding
Concertino In D Major Op. 15 - Ferdinand Küchler   (dueto com Ailton Galvão)

Produção e Organização: Rogério Viana e Douglas Daronco

Casa Hoffmann - Centro de Estudos do Movimento
Rua Claudino dos Santos, 58 - Largo da Ordem - São Francisco
Setor Histórico
(41) 3321-3228
danca@fcc.curitiba.pr.gov.br

VÍDEOS DO ENSAIO DA COREOGRAFIA